REUNIÃO COM O IGAM

A Diretoria da Irriganor, com objetivo de agilizar os procedimentos de análise das outorgas coletivas na nossa região noroeste, juntamente com o Superintendente da SUPRAM Dr. Ricardo Rodrigues de Carvalho e o Prefeito de Bonfinópolis de Minas, Sr. Donizete Antônio dos Santos, estiveram no IGAM em Belo Horizonte, no dia 26 de outubro, onde reunidos com o diretor-geral do órgão, Heitor Soares Moreira e o Gerente de Pesquisa e Desenvolvimento de Recursos Hídricos, Thiago Figueiredo Santana, propuseram que as outorgas coletivas da região fossem analisadas conjuntamente com a SUPRAM.

Para que os processos de licenciamento ambiental sejam analisados é pré-requisito que o produtor tenha sua outorga de uso da água deferida. Isso é valido tanto para os pequenos e médios produtores que tenha sua licença analisada pela SUPRAM, tanto para os grandes empreendedores que tem sua licença analisada pelo COPAM.

Temos no Noroeste de Minas 18 processos de outorga coletiva, alguns deles aguardando análise a mais de 5 anos. Diante deste quadro muitos produtores operam sem licença ambiental devido a lentidão das análises pelo IGAM.

A diretoria do IGAM concordou que parte dos processos de outorga coletiva sejam analisados na SUPRANOR, e que providenciará o treinamento de um técnico da unidade para estas análises. Esperamos que com tal previdência as análises dos processos de outorga coletiva tenham mais celeridade.

Na oportunidade a presidente da Irriganor, Ana Maria Valentini, fez uma apresentação sobre a Irriganor, seus objetivos principais e sua área de atuação, o que foi muito bem recebido pela diretoria do IGAM.